Marca Artesanato No Lar - Aline Branco

Atelier… Qual o melhor momento para abrir seu?

Muitas artesãs acham que na crise não é uma boa hora para abrir um negócio, para começar o seu atelier. Entretanto o melhor momento não tem nada a ver com isso. O melhor momento é o seu momento. O momento que você decide começar e parar de ficar com receio ou arranjando desculpas para adiar o seu crescimento profissional. Peço desculpas se comecei meio dura com essa afirmação, mas acredite mais em você! Eu acredito.

Sim a crise está aí, mas para quem? Existem negócios que amam a crise, porque ela fomenta o seu crescimento. Consertos e reparos em roupas e calçados são exemplos. Em tempo de fartura as pessoas preferem comprar itens novos. E nessa linha, brechós ganham cara de butique. Ou seja, setores ligados a consertos e reformas são estimulados pela crise. Reaproveitamento e reciclagem também crescem nessa onda. Percebam que o que é crise para uns, pode ser oportunidade para outros.

Entendendo o comportamento na crise

Para José Roberto Savoia, que é professor de finanças da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo as diferenças na performance das empresas ocorrem porque em épocas de crise os consumidores preferem evitar compras que comprometam o orçamento a longo prazo. “Eles preferem administrar as dívidas de curto prazo, cuidar melhor da saúde e socializar com os amigos. São comportamentos que não exigem grandes investimentos e as empresas desses setores acabam sendo beneficiadas”, afirmou.

Em outubro de 2018 registrou-se que em apenas 9 meses ocorreu um aumento de 23% no número de cervejarias artesanais no Brasil. Isso sem considerar as que operam informalmente. Nos Estados Unidos as cervejas artesanais ocupam mais de 20% do mercado. Na Europa, o crescimento em França e Itália já é muito interessante. Em Portugal o crescimento é perceptível.

Assim o mestre cervejeiro Fernando Alvim começou fazendo cerveja em casa, na panela e fogão, de forma bem artesanal mesmo. Hoje está faturando com sua marca de cerveja artesanal. Vamos confraternizar e comemorar em meio a crise.

Atelier e internet

Claro que em meio à crise as coisas podem ficar mais difíceis. Mas mesmo sem crise, não é fácil abrir um negócio. Ter seu atelier dá trabalho e muito! Mas artesã não tem medo de trabalho. Muito pelo contrário. Artesã ama o seu trabalho. Então “dar trabalho” não é problema.

E a internet está aí para ajudar as artesãs a superarem a crise e crescerem com seus ateliers. Veja alguns dados para você tirar suas próprias conclusões:

No Brasil, o E-commerce tem estimativa de crescimento de 19% em 2019 de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico. Ou seja, o comércio online pode ter um aumento nas vendas de R$ 79,9 bilhões em 2019. Isso depois de fechar 2018 com alta de 12%.

Em Portugal as compras online em território nacional já valem mais de 40% do PIB, segundo a ACEPI.

Então, mãos a obra nesse atelier. Vamos trabalhar, artesãs!

Se você gostou desse artigo e acha que ele pode ajudar outras artesãs, compartilhe à vontade. Compartilhe com suas amigas e artesãs que você conheça. Quanto mais pessoas a gente puder ajudar, melhor, não é mesmo?!

Autor: Aline Branco
Atelier

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se

Você será avisada sobre todas as novidades.

/ ( mm / dd )

E-mail:
aline@artesanatonolar.pt

Vila Nova de Gaia
Porto - Portugal

Selecione sua moeda
EUR Euro