Marca Artesanato No Lar - Aline Branco

Copiar e criar. “Eu só sei copiar artesanato, e agora?”

Se você só sabe copiar, se não consegue criar um artesanato do seu jeitinho, com a sua marca, eu te convido a refletir um pouco. Vamos tentar entender o porquê para saber como agir?

Um ponto a ser levado em consideração é que ninguém começa de cima. Quando estamos aprendendo uma técnica, nós copiamos. Seguimos passo-a-passos. Fazemos cursos. E no curso a gente aprende copiando a professora. Observando como ela faz. E no final, tira a maior nota quem copiou melhor. 🙂 O artesanato que ficou mais parecido com o da professora é o melhor. Isso faz parte. É uma fase pela qual toda artesã passa.

Se você está nessa fase, não se preocupe. Continue copiando para aprimorar sua técnica e logo você estará começando a dar as suas primeiras arriscadas e a tentar inventar seus primeiros detalhes. A maioria pode até não dar certo. Tudo bem! Não desanime. É assim mesmo. A criança só aprende a andar quando se arrisca a cair. E cai muitas vezes. Mas uma hora ela aprende. Tenha paciência consigo mesma. Cada um tem o seu tempo. Ninguém nasce sabendo. Continue e quando você for ver, já estará criando.

Deixando bem claro que não estou defendendo a cópia. Copiar sem autorização é muito feio! Não faça isso! Copiar um passo a passo, tudo bem. Se a pessoa mostrou um passo-a-passo, ou se compartilhou os moldes é porque a pessoa está ensinando, está autorizando a cópia. Copiar o professor é ótimo! Quanto mais cursos você fizer, melhor! Mas copiar sem autorização não pode, né?! Além do mais, exceto quando se está aprendendo, copiar só tem lado bom para quem é copiado.

Copiar só faz bem para quem é copiado

Infelizmente é verdade, copiar não é bom para quem copia, por vários motivos. Um deles é que por melhor que seja a sua cópia, nunca será um original. E mesmo que ninguém saiba disso, você sabe. Você sabe que não pode se orgulhar plenamente pelo seu bom trabalho, porque não é totalmente seu.

Outro motivo é que copiando você só treina a sua técnica, mas um bom artesão não é só técnica. Um artesão tem que ser criativo. Dominar muito bem uma técnica não faz de você um artesão. Copiando você não desenvolve a sua criatividade, você será sempre um mero copista, nunca um artesão de verdade.

Você já se perguntou o porquê só consegue copiar?

Então, se você já domina uma técnica, já faz excelentes cópias e não cria nada, você já se perguntou o porquê?

Medo

Você pode estar com medo de arriscar. Arrisque! É como diz o ditado; “quem não arrisca não petisca!”

Preguiça

Ou você pode estar com preguiça de arriscar, numa zona de conforto achando que é mais fácil copiar. Mexa-se! Você não sabe o que está perdendo. Vale a pena!

Segurança

Ou você pode achar que é mais garantido copiar algo que já está dando certo para alguém. Você está enganada. O melhor é criar o seu, é ser original! O original é sempre melhor e mais valorizado do que a cópia.

Machucada

Ou você já arriscou inovar, mas algo deu errado? Agora você está que nem aquela criança que começa a andar e cai. Está com medo de tentar de novo? Saiba que cair faz parte. Você ainda vai cair muito, mas vale a pena!

Envergonhada

Ou, ainda, você já arriscou, ficou razoável e você mostrou para as pessoas? Só que elas não souberam te motivar, não foi? Quando estamos começando nunca fica muito bom mesmo. Claro que ninguém gosta de se esforçar e não ouvir nenhum elogios. Claro que aquele monte de rabisco que a criança desenha não é bonito, mas todo mundo elogia porque entende que é uma criança e que está aprendendo. Mas quando somos adultos e mostramos nossos primeiros “rabiscos” nem sempre temos o mesmo incentivo que as crianças. Entenda que na maioria das vezes as nossas primeiras tentativas não ficam boas mesmo, isso é normal. Faz parte. Continue tentando. Escolha outras pessoas para mostrar. Talvez uma outra artesã amiga que saberá entender melhor essa fase do artesanato.

Desmotivada

Ou ainda você cansou de tentar e sempre ter alguém para criticar, por melhor que tenha ficado o artesanato. Ora, se todo mundo te disser que está lindo, no que isso te ajuda a melhorar? Tem um lado bom aparecer uns críticos de vez em quando. Aproveite essa oportunidade e tente ver onde e como melhorar.

Querendo elogios

E quando você passar a só receber elogios, tome muito cuidado. Você corre o risco de achar que já está bom e parar de crescer, de aprender. E em artesanato sempre se tem como melhorar ou criar.

Entendendo o porquê, começar a criar é natural

Uma coisa eu posso te garantir, depois que você entender que “não existe aprendizado sem erro”, tudo vai mudar. Entenda que faz parte da criação de novos artesanatos os primeiros não ficarem bons. Aliás, que na maioria das vezes o primeiro é só o primeiro e no primeiro sempre se tem muito o que melhorar. Quando você entender isso, você vai começar a amar inventar. Permita-se errar e você verá o quanto é gostoso criar. Entenda também que você não pode se deixar abater com as críticas.  E você nunca mais vai querer copiar novamente!

Se você gostou desse artigo e acha que ele pode ajudar outras artesãs, compartilhe à vontade. Copiar não vale, mas compartilhar está liberado! Compartilhe com suas amigas e artesãs que você conheça. Quanto mais pessoas a gente puder alcançar, melhor, não é mesmo?!

Autor: Aline Branco
Só sei copiar artesanato, não consigo criar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se

Você será avisada sobre todas as novidades.

/ ( mm / dd )

E-mail:
aline@artesanatonolar.pt

Vila Nova de Gaia
Porto - Portugal

Selecione sua moeda
EUR Euro